Close

May 15, 2014

Lyric Mashup no Homem que mordeu o Cão

 

Quando enviei uma mensagem ao Nuno Markl estava muito longe de imaginar que tinha em meu poder material para ser usado no Homem que mordeu o Cão. Estava apenas curioso em saber a opinião de quem eu considero um especial entendido de musica.

Não toco em casamentos, nem almejo tal cenário. Mas os espectáculos nos casamentos estão na génese deste conceito. Inspirei-me nos heróis que actuam em casamentos e enfrentam plateiasmuito transversais. Esses heróis têm pela frente a impossível tarefa de agradar a todos.

Por mais ecléctico que seja o reportório num casamento temos sempre quem não fique contente ou simplesmente alguém embriago que grita
”Toca Pearl Jam”.

Da ultima vez que assisti a este cenário ocorreu-me  que teria de fazer uma fusão entre dois mundos da musica que nunca se tivessem abraçado. Nasceu o conceito “Lyric mashup” transposição da letra de uma ou mais canções em cima do instrumental de outra respeitando a melodia da voz original.
As primeiras vezes que me sentei à guitarra a testar esta ideia absurda os resultados foram de tal modo grotescos que todas as meninas cá de casa mesmo já estando habituadas sentiram algumas náuseas.  Depois de alguma insistência finalmente nasceu o 1º tema deste novo conceito.

Neste momento tenho em produção Emanuel – Pimba & Green Day – She.